fbpx

Pericoronarite- o que é, causas, sintomas e tratamento.

Pericoronarite - O que e e como tratar | Dra Wally Odontologia

A Pericoronarite é uma afecção dos tecidos moles que circundam um dente em erupção (semi-incluso), sendo mais comum nos terceiros molares, ou mais comumente conhecidos dentes do siso. A pericoronarite ocorre principalmente no sisos inferiores, onde o acúmulo de restos alimentares tende a ser mais frequente, o que possibilita a proliferação de bactérias.

As causas da pericoronarite são em geral os dentes parcialmente erupcionados, semi-inclusos, pela dificuldade ou falta de adequada higienização desta área, ocorrendo uma colonização de bactérias entre a coroa do dente e a gengiva que a recobre, devido ao acúmulo de restos alimentares. Pode ser também por trauma direto aos tecidos moles, provocado pelo dente antagonista.  

Estas situações geram um quadro de inflamação local, edema e dor intensa, clinicamente o tecido gengival se torna inflamado, avermelhado e muito doloroso. Muitas vezes o paciente pode apresentar dificuldade ou diminuição de abertura bucal(Trismo), Otalgia(dor de ouvido), halitose, disfagia(dificuldade de engolir), linfadenopatia cervical, sangramento local devido ao processo inflamatório e infeccioso. Quanto maior o edema mais trauma na região e mais dor. Essa situação pode evoluir para um quadro infeccioso, abscesso que se não tratado pode ser muito grave. por isso aos primeiros sintomas está indicada a ida imediata ao Cirurgião Dentista para que esta situação não se agrave.

A consulta com o profissional é muito importante para uma adequada avaliação e  orientação quanto às medicações a serem prescritas e cuidados de higiene local a serem tomados. O profissional irá também solicitar uma Radiografia Panorâmica para verificar a posição dos dentes do siso é assim indicar o melhor terapia para cada caso. Durante o quadro inflamatório agudo está indicado o uso de antiinflamatórios, analgésicos e uma higiene rigorosa na região com escovação(escova macia) e bochechos com anti séptico com clorexidina a 0,12%, para minimizar a dor e inchaço. Em casos em que notamos a presença de secreção é importantíssimo instituir uma antibioticoterapia imediatamente.

Qualquer pessoa em qualquer faixa etária está sujeita a apresentar um quadro de pericoronarite. Sendo mais comum na faixa etária de 17 a 21 anos devido a erupção dos terceiros molares, dentes do siso.

A pericoronarite é um processo relativamente comum de acontecer, quando bem diagnosticado é orientado pelo profissional o paciente tem uma boa evolução sem maiores complicações. Então o segredo está em procurar um profissional assim que aparecer os sintomas( dor, vermelhidão local, edema , dificuldade de abertura bucal, deglutição é halitose).

Visite seu dentista regularmente, é a melhor forma de prevenção.

Espero que tenha gostado desse artigo!

Deixe seus comentários, duvidas e sugestões para o nosso próximo video.

Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Deixe um comentário

Dra Wally Odontologia - Cirurgia Buco-Maxilo-Facial